Buscar
  • Habitalar

Quais países estão abertos para brasileiros?


1 – AFEGANISTÃO

O Afeganistão é um dos países abertos para brasileiros e não há qualquer exigência para os turistas.


2 – ALBÂNIA

A Albânia, na Europa, é um dos países abertos para brasileiros, e nem é preciso de visto para entrar no país. Apesar disso, exige-se o uso de máscara em áreas públicas.


3 – ANDORRA

Brasileiros precisam fazer quarentena de 14 dias para entrar em Andorra, segundo o governo.


4 – ANGUILLA

Essa pequena ilha do Caribe exige que o turista, antes de viajar, preencha um formulário online e imprima um certificado, que deve ser apresentado no desembarque. Além disso, ele deve mostrar um exame negativo para Covid-19 feito 5 dias antes da viagem e ter um seguro viagem que cubra despesas contra o novo coronavírus.


Para completar, os turistas passam por exames PCR na chegada e outro 10 dias depois. Durante este período, é preciso cumprir quarentena.



5 – ANTÍGUA E BARBUDA

Os turistas que vão para Antígua e Barbuda, no Caribe (América Central), passam por avaliação médica e precisam entregar um formulário com informações sobre o estado de saúde. Além disso, também têm que mostrar um atestado médico com um resultado negativo para o novo coronavírus feito, no máximo, 7 dias antes da chegada ao país. Menores de 12 anos não precisam apresentar o exame para Covid-19.


6 – ARMÊNIA

Visitantes precisam fazer quarentena de 14 dias, segundo o governo do país. Se testarem negativo para covid enquanto estão isolados lá, podem ser liberados antes.


7 – ARUBA

Aruba é mais um dos países abertos para brasileiros. É preciso apresentar comprovante de Febre Amarela e baixar o aplicativo de saúde de Aruba para preencher a ficha de embarque e desembarque (“ED card”). Para completar o documento o turista deve fazer upload do teste de PCR negativo para o novo coronavírus feito entre 72h a 12h antes do embarque.


O “ED card” tem 5 etapas, que devem ser cumpridas para que o turista possa entrar em Aruba. Ele inclui questionário de dados pessoas e também sobre contato com pessoas possivelmente infectadas e condições de saúde.


Além disso, o viajante tem que fazer o seguro viagem de Aruba criado pelo Governo local para cobrir eventuais custos relacionados a Covid-19 na ilha. O seguro custa US$ 30 (para maiores de 15 anos de idade) ou US$ 10 (para crianças de até 14 anos).



8 – BAHAMAS

As Bahamas, no Caribe, estão entre os países abertos para brasileiros. Quem já foi totalmente vacinado (recebeu as 2 doses ou dose única, dependendo da vacina) não precisará de teste de Covid para entrar no país, desde que já tenha passado 2 semanas após a aplicação da segunda dose (ou da dose única) da vacina. É preciso apresentar comprovante de vacinação.


As únicas vacinas que estão sendo aceitas são Pfizer, Moderna, Johnson & Johnson (Jansen) e AstraZeneca.


Quem ainda não se vacinou precisa mostrar um PCR negativo para o novo coronavírus para entrar, feito há no máximo 5 dias da data de chegada. O resultado do teste negativo deve ser enviado online para poder completar o pedido de visto de turista (Bahamas Travel Health Visa) e ser apresentado também na chegada ao país. Crianças com 11 anos de idade ou menos não precisam apresentar teste.


Porém, pessoas de todas as idades devem preencher formulário online, com pelo menos 48h de antecedência do voo.


Além disso, tanto turistas vacinados quanto os não vacinados são obrigados a aceitar um seguro viagem que cobre coronavírus . O custo do seguro está incluído na taxa do visto para entrar nas Bahamas (Bahamas Travel Health Visa). O valor do visto varia de acordo com a duração da permanência nas Bahamas e se o turista já foi ou não vacinado.


Mais informações no site do governo das Bahamas.


9 – BAHREIN

Os voos para o Bahrein foram retomados, mas as entradas só são permitidas se você conseguir um visto, que pode ser solicitado no site do governo. Na chegada ao país, você precisa pagar por um teste para a Covid-19 e é preciso ficar em quarentena até a divulgação do resultado.


10 – BARBADOS

Barbados, no Caribe, é outro dos países abertos para brasileiros. Os passageiros precisam preencher um formulário disponível no site do governo de Barbados 24 horas antes da chegada ao país. Além disso, você terá que presentar um exame negativo para o novo coronavírus feito 72 horas antes do embarque.


Se o exame não for apresentado, os visitantes passam por uma avaliação médica e têm que ficar em quarentena até a realização do teste.


11 – BELIZE

Os turistas devem baixar o aplicativo Belize Health Travel App, que vai gerar um QR Code e um Número de Viagem para serem apresentados no desembarque. Além disso, ele precisa fazer reserva em hotéis pré-selecionados. Quem tiver resultado negativo em teste PCR feito até 72h antes do embarque para Belize vai ter o processo de entrada acelerado na chegada.


Dependendo da medição de temperatura feita no desembarque, as autoridade podem escolher passageiros aleatoriamente para fazer um outro PCR. Veja mais no site do governo de Belize.


12 – BENIN

O Benin é mais um dos países abertos para brasileiros. Para visitar o país, é preciso preencher um formulário online antes da viagem e, na chegada, pagar por um exame PCR contra o novo coronavírus.


13 – BERMUDAS

Mais um dos países abertos para brasileiros, as Bermudas exigem o preenchimento de um formulário no site do governo, que deve ser apresentado na hora do embarque. Além disso, todo passageiro com mais de 10 anos precisa apresentar um teste de PCR negativo para o coronavírus feito 7 dias antes da viagem.


Mesmo assim, todos os viajantes podem ser testados na chegada ao país e, nesse caso, precisam respeitar uma quarentena até a divulgação do resultado.


14 – BIELORÚSSIA

Os turistas brasileiros que quiserem conhecer a Bielorússia precisam apresentar um laudo de um teste negativo para Covid-19 feito até 72 horas antes da chegada. Esse documento precisa estar em inglês, russo ou bielorusso. Além disso, é preciso realizar uma quarentena de 10 dias.


15 – BOLÍVIA

É preciso mostrar um teste negativo PCR para Covid emitido há no máximo 7 dias antes da viagem. Apesar de as fronteiras estarem abertas, o país ainda passa por grandes medidas restritivas de circulação de pessoas.


16 – BÓSNIA

Passageiros devem apresentar PCR negativo emitido há no máximo 48h.


17 – BOTSUANA

Para entrar na Botsuana, na África, o visitante tem que levar um certificado negativo de PCR para coronavírus feito até 72h antes da partida de seu primeiro local de embarque. Isso não é necessário para crianças de até 5 anos.


18 – BURKINA FASO

O Burkina Faso é mais um dos países abertos para brasileiros. Para conhecer o país africano, basta apresentar um teste negativo para Covid-19 feito até 5 dias antes da viagem. Caso isso não seja possível, o viajante precisa pagar por uma avaliação médica na chegada ao país.


19 – BURUNDI

Para entrar no país africano, os turistas precisam mostrar um teste negativo para o novo coronavírus em inglês ou francês realizado 72 horas antes da chegada. Além disso, os viajantes passam por um novo exame PCR na chegada (pago pelo turista). Também é preciso cumprir uma quarentena de 3 dias em um dos hotéis listados no site do governo do Burundi.


20 – CABO VERDE

Os turistas precisam apresentar um teste negativo para o novo coronavírus feito até 72 horas antes do embarque.


21 – CAMBOJA

No papel, o Camboja até é um dos países abertos para brasileiros, mas, na prática, tudo é feito para dificultar a chegada dos turistas. Para entrar no país, os viajantes precisam apresentar um resultado negativo para Covid-19 feito 3 dias antes do embarque.


Além disso, é preciso apresentar um seguro viagem de US$ 50 mil dólares e depositar US$ 3 mil (R$ 15.455) em um banco na chegada ao Camboja. Para completar, todos os turistas passam por uma avaliação médica e precisam cumprir uma quarentena de 2 semanas.


22 – CHADE

O Chade, na África, também é um dos países abertos para brasileiros. Ele exige um teste negativo de Covid 19 feito até 72h antes da chegada. Os visitantes também devem cumprir quarentena de 7 dias.


23 – COLÔMBIA

Atualizado em 04/08: Para entrar na Colômbia, é preciso enviar o “Check Mig” no máximo 24h antes do embarque.


Apesar de não ser obrigatório contratar seguro para lá, não é esperto ir sem um. Tire suas dúvidas sobre o seguro viagem para a Colômbia.


24 – COMORES

Para entrar nesse país da África é preciso apresentar exame teste negativo para o novo coronavírus feito há 72h antes do embarque. O documento precisa estar em francês.


25 – CONGO

O Congo é mais um dos países abertos para brasileiros. Segundo as regras do país, o turista precisa apenas apresentar um teste negativo para Covid-19. Se isso não for possível, o viajante deve pagar por um teste na chegada ao país e também precisa pagar por uma quarentena. Contudo, as regras só valem para pessoas com mais de 11 anos.


26 – COSTA DO MARFIM

Viajantes devem apresentar um teste negativo de coronavírus feito há no máximo 7 dias e preencher um formulário de saúde online.


27 – COSTA RICA

Atualizado em 04/08: A Costa Rica é um dos países que não exige um exame negativo para o novo coronavírus para os turistas, nem quarentena. Mesmo assim, os visitantes precisam preencher um documento de saúde online (Pase de Salud) e guardar o QR Code que será gerado para apresentar na imigração.


O documento de saúde (Pase de Salud) só pode ser preenchido 72 horas antes da entrada no país. Cada pessoa, sem exceção, incluindo os menores de idade, deve preencher um boletim.


Quem tiver menos de 18 anos de idade ou já tiver sido duplamente vacinado há 14 dias antes da data de chegada não precisa contratar seguro viagem para entrar na Costa Rica. As vacinas aceitas são Astrazeneca, Pfizer, Janssen e Moderna.


Os turistas vacinados precisam anexar o certificado de vacinação ao boletim sanitário. O certificado de vacinação deve ter o nome da pessoa que recebeu a vacina, a data de cada dose e a empresa farmacêutica.


Os brasileiros que não tiverem sido completamente vacinados ou que tenham recebido vacinas que não são as aceitas precisam contratar um seguro viagem que cubra despesas médicas contra a Covid-19 e acomodação. Além disso, esse seguro deve atender a outros pré-requisitos como ter uma cobertura mínima específica. Eu explico em detalhes no post sobre o seguro viagem exigido pela Costa Rica.


E mais: é preciso ter a vacina contra a febre amarela em dia.


28 – CROÁCIA

Atualizado em 05/08: Os brasileiros que quiserem viajar para a Croácia precisam apresentar um teste negativo para Covid-19 feito até 48 horas antes da chegada ao país. Mesmo assim, é preciso cumprir uma quarentena de 14 dias.


Em uma nota em junho, a embaixada brasileira na Croácia alertou para o aumento no número de brasileiros barrados nos aeroportos de Split e Zagreb mesmo com o cumprimento das regras acima e recomendou que os turistas adiem a viagem.


Se você quiser correr o risco e viajar, a embaixada reforça que é bom apresentar comprovante de estadia, dinheiro e passagem de volta.


A embaixada lembra ainda que o descumprimento da quarentena pode gerar uma multa de 1200 euros.


Mais detalhes no site do governo da Croácia e no site da Embaixada do Brasil em Zagreb.


29 – CUBA

Apenas algumas regiões de Cuba estão abertas para os turistas. Atualmente, os voos internacionais estão liberados apenas para Cayo Coco e é preciso apresentar uma reserva em um dos hotéis aprovados pelo governo. Os turistas têm que passar por avaliação médica na chegada, assim como precisam preencher uma declaração de saúde.


30 – CURAÇAO

Atualizado em 04/08: Para entrar em Curaçao, brasileiros devem apresentar uma versão impressa do Cartão Digital de Imigração e de um Cartão Localizador de Saúde Pública preenchido no máximo 48h antes do embarque.


Também é preciso levar teste PCR com resultado negativo emitido há no máximo 72h antes da saída do primeiro ponto de embarque ou um teste de antígeno negativo feito há no máximo 24h da partida. Os resultados devem ser enviados online. Essas exigências não valem para quem tem até 16 anos de idade e não tem sintomas do novo coronavírus.


Além disso, é preciso ter seguro viagem.


Mais informações estão no site do Ministério de Tráfego, Transporte e Planejamento Urbano de Curaçao.


31 – DOMINICA

Dominica, no Caribe, é um dos países abertos para brasileiros. É preciso preencher um formulário no site do governo da Dominica 24h antes do desembarque e apresentá-lo na chegada. É necessário ter feito um teste do tipo PCR para Covid-19 entre 24h e 72 antes da chegada e ter dado negativo. Uma vez já no país, os viajantes passarão por medição de temperatura.


32 – EGITO

Os brasileiros precisam ter um visto para visitar o país. Além disso, é obrigatório o preenchimento de um “Cartão de Saúde Pública” na chegada e a apresentação de um seguro viagem para cobrir eventuais despesas médicas.


Outra exigência é apresentar um teste negativo para Covid-19 feito até 4 dias antes da viagem. Porém, crianças menores de 6 anos não precisam mostrar o exame.


33 – EL SALVADOR

El Salvador é mais um dos países abertos para brasileiros. É preciso mostrar resultado negativo de exame de Covid (PCR) impresso emitido há, no máximo, 72h.


34 – EMIRADOS ÁRABES UNIDOS

Atualizado em 06/08: Os Emirados Árabes Unidos são mais um dos países abertos para brasileiros. As exigências são diferentes dependendo do emirado que se pretende visitar.


Para entrar em Dubai:

Para entrar em Dubai, é preciso apresentar um resultado negativo de um teste PCR para o novo coronavírus feito até 72 horas antes de viajar ao país.


Além disso, brasileiros precisam fazer um outro PCR ao chegar ao aeroporto de Dubai. Pessoas com deficiência ou menores de 12 anos de idade não precisam fazer o teste.


Os viajantes precisam apresentar uma declaração de saúde e baixar e se registrar no aplicativo COVID-19 DXB disponível na App Store e Google Play


Para entrar em Abu Dhabi:

No momento, turistas brasileiros não podem entrar em Abu Dhabi.


Para entrar em Sharjah:

Confira as regras para entrar em Sharjah.


Você encontra mais informações no site da Emirates.



35 – EQUADOR

Atualizado em 04/08: Os turistas brasileiros que quiserem viajar para o Equador precisam apresentar um teste negativo para Covid-19 feito até 72h antes do embarque para o país. Essa exigência não é feita para crianças de até 2 anos de idade.


Os passageiros maiores de 14 anos de idade podem ser submetidos a um teste de antígeno para o novo coronavírus na chegada ao Equador.


Além disso, quem vier do Brasil está sujeito a uma quarentena de 10 dias no Equador paga pelo próprio passageiro.


Os turistas também passam por uma avaliação médica logo depois do desembarque e precisam preencher uma declaração de saúde.


E mesmo antes da pandemia do novo coronavírus, o Equador já exigia de turistas a contratação de seguro viagem para entrar no país.


Contudo, brasileiros não precisam de visto para visitar o país.



36 – ESLOVÁQUIA

Atualizado em 04/08: Para entrar na Eslováquia os brasileiros maiores de 12 anos de idade devem ter feito teste PCR com resultado negativo. O teste deve ter sido feito até 72h antes da chegada. Menores de 12 anos de idade não precisam fazer o teste.


Também é preciso preencher um formulário online no site do governo do país e se registrar online antes da partida em outro site.


Além disso, os brasileiros estão sujeitos a uma quarentena de 14 dias, independentemente do resultado de teste PCR que deve ser feito após 8 dias de chegada.


Mais informações nos sites https://www.mzv.sk/web/en/covid-19, http://www.uvzsr.sk/ e https://korona.gov.sk/en/travelling-to-slovakia-and-covid19/.


37 – ESLOVÊNIA

Atualizado em 04/08: Brasileiros podem entrar na Eslovênia desde que tenham teste PCR negativo para o novo coronavírus feito há no máximo 72h antes da chegada, na área de trânsito internacional de um aeroporto ou nos seguintes países: Austrália, Áustria, Bélgica, Bulgária, Canadá, Croácia, Chipre, Tchéquia, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Israel, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Nova Zelândia, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Romênia, Rússia, Sérvia, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suíça, Suécia, Turquia, Reino Unido ou Estados Unidos.


Quem tiver um teste do tipo antígeno negativo para Covid-19 realizado há no máximo 48h antes da chegada também pode entrar. Da mesma forma, o teste deve ter sido feito na área de trânsito internacional de um aeroporto ou nos países citados acima. Veja os tipos de testes antígeno aceitos.


A Eslovênia também permite a entrada de pessoas com teste PCR positivo emitido entre 11 dias e 6 meses antes da chegada. Da mesma maneira, o teste deve ter sido realizado na área de trânsito internacional de um aeroporto ou nos países citados acima.


Entrada de vacinados

Além disso, a Eslovênia também aceita a entrada de brasileiros que tenham recebido a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus há no máximo 8 meses de ter testado positivo para a doença. As vacinas aceitas são Astrazeneca, Janssen. Moderna, Pfizer, Sinopharm, Sinovac (Coronavac) e Sputnik V.


Outro grupo aceito na Eslovênia é o de pessoas que testaram positivo há no máximo 6 meses antes da chegada ao país, desde que possuam um certificado comprovando que se recuperaram da doença, emitido pelos mesmos países citados acima.


Por fim, a Eslovênia aceita brasileiros que tenham recebido:


A primeira dose da vacina Astrazeneca há pelo menos 21 dias da chegada;Ou a vacina da Janssen há pelo menos 14 dias da chegada no país;Ou a segunda dose da vacina da Pfizer há pelo menos 7 dias do desembarque;Ou a segunda dose da vacina da Moderna, Sinopharm, Sinovac (Coronavac) e Sputnik V há pelo menos 14 dias da chegada no país.

Quem atende a um desses critérios não precisa fazer quarentena de 10 dias.


Mais informações no site do governo da Eslovênia.


38 – ESSUATÍNI

Para entrar neste pequeno país africano, que fica perto da África da Sul, é preciso apresentar um resultado negativo para o novo coronavírus feito 72 horas da chegada. Caso isso não seja possível, os turistas passam por exames (pagos pelos viajante) no desembarque. Porém, mesmo assim, é preciso cumprir uma quarentena de 14 dias.


39 – ETIÓPIA