Buscar
  • Habitalar

Golpes aplicados em viajantes na Europa

Problemas que não ocorrem apenas em países de “terceiro mundo”.


Supostos vendedores de pulseira: você está caminhando em alguma praça ou ponto turístico, e chega um vendedor amigável, percebe que você é turista e tenta uma aproximação. O turista, por simpatia, aceita que ele coloque a pulseira em seu braço para experimentar. Após amarrar a pulseira, eles são insistentes para que pague um valor por elas, sendo às vezes até grosseiros e lhe fazendo ter peso na consciência, ou pagar por medo. Isso ocorre principalmente em Milão.

Falsos policiais: Há relatos de pessoas que se identificam como policiais à paisana, e pedem ao turista para verificar a carteira e pertences. Neste ato, podem roubar bens, ou mesmo pegar dinheiro na carteira do turista. Nunca aceite abordagens de pessoas à paisana.

Mulheres ou homens aproveitadores: na vibe de viajar e conhecer novas pessoas, muita gente acaba pagando bebidas e indo a festas com desconhecidos, e que no final desaparecem e deixam uma fatura alta na comanda a pagar.

Ajuda com malas e fotos: é sempre melhor pedir ajuda, caso você precise de auxílio em carregar seus pertences ou tirar fotos pessoais. Porém nunca aceite ajuda de alguém que tomou a iniciativa de fazer contato direto com você. Normalmente eles saem correndo.


#internacionalturismo #CasaDeCâmbio #passagensMaisBaratas #CopacabanaRioDeJaneiro #zonasulRJ #segurodevida #seguros #viagem #travel #familia #seguro #planodesaude #saude #seguranca #trip #turismo #segurosaude #viajetranquilo #europa

#DicasDeViagem #ViajeTranquilo #frança #eurotrip #espanha #cityview #milao #euro

#dadoscuriosos #sabiaQue

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo